Miles Davis – Birth Of The Cool (1957)

 

Se estivesse vivo, o genial Miles Davis completaria hoje 85 anos de idade. Infelizmente sua estrela se apagou há 20 anos, mas sua extensa obra permanece imortal, atemporal e tão ou mais influente que durante sua atribulada vida.

O homem viveu intensamente e criou dentro do jazz um estilo e uma atitude próprios, sempre acompanhado por seu trompete e cercado de outros grandes nomes da arte de improvisar.

Em Birth of the cool, seu álbum de 57 lançado pela Blue Note, as coisas não são diferentes.

 

 

No biscoito estão compiladas 12 faixas gravadas entre 1949 e 1950 por Miles e sua trupe – Gerry Mulligan, Lee Konitz, Kai Winding, o grande Max Roach e Gil Evans, entre outros -, onde prevalece o clima de introspecção. Um álbum tranquilo, no qual o encontro do frenesi bebop com a calma do cool jazz gera canções elegantes e por vezes melancólicas; intrincadas mas ao mesmo tempo pop.

Dentro da vasta discografia de Miles Davis há muitos e muitos álbuns que merecem uma audição carinhosa, mas Birth of the cool fica hoje como nossa pequena homenagem póstuma ao mestre do jazz.

Essencial!

Anúncios

Um comentário sobre “Miles Davis – Birth Of The Cool (1957)

  1. Pingback: Especial P.C.P – Miles Davis « Pequenos Clássicos Perdidos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s