Tubeway Army – Replicas (1979)

  Engraçado pensar que o Tubeway Army, uma banda que influenciou muito um sem número de outros artistas em diversas cenas do universo eletrônico/sombrio só se tornou um ponto de referência devido ao acaso. Explico. Pouco antes de gravar seu primeiro disco, em 78, o vocalista Gary Numan (à época Valeriun) encontrou no estúdio em…

The Cure – Pornography (1982)

  Pornography é o segundo disco do Cure que mais ouvi na vida, e também é o segundo num pódio imaginário com meus preferidos na longa carreira da banda. Só perde pro Disintegration, mais por razões emocionais que qualquer outra coisa. Não foram poucas as sessões de audição de suas oito faixas, em casa, na…

Superchunk – Acoustic Foolish (2019)

  Em abril último, Foolish, quarto disco dos heróis do rock independente – e preferidíssimos da casa – Superchunk chegou aos 25 anos e eu me sinto velho pra caralho como forma de comemorar a data a banda de Chapel Hill decidiu regravá-lo na íntegra em versão desplugada. O álbum que, segundo o próprio Mac,…

Mazzy Star – Still (2018)

  Na metade do ano passado, quando o Mazzy Star estava pra lançar este EP chamado Still, me lembro de ter tocado sua primeira faixa, “Quiet, the winter harbour” na versão radiofônica do Pequenos Clássicos Perdidos. Mas depois, atropelado como sempre, perdi o fio da meada e me esqueci completamente do disquinho. Bem, como dizem…

Ruts – The Crack (1979)

  O Ruts, em vários sentidos, é uma das bandas mais foda e menos ouvidas da primeira geração do punk inglês. Surgiu em algum ponto no início de 1978 em Londres, e já no mesmo ano lançaram o primeiro single, tocaram no programa do mestre John Peel e se uniram ao Rock Against Racism, assumindo…